Como funciona o tratamento de miopia?

Como funciona o tratamento de miopia?
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

A miopia é uma das três principais doenças oculares refrativas. Se caracterizando pela dificuldade de enxergar os objetos distantes, possuindo alguns tratamentos disponíveis que podem ajudar os pacientes com a condição. Conheça as alternativas: 

Tratamentos de miopia

Para corrigir a miopia de modo imediato, a primeira indicação são as lentes corretivas. Tanto para crianças quanto para adultos o uso de óculos é a maneira mais simples de correção antes de uma intervenção cirúrgica. Dependendo do grau, alguns míopes também se adaptam bem às lentes de contato.

Contudo, o melhor tratamento para miopia que pode fazer com que os pacientes se livrem das lentes é a cirurgia a laser. Com resultados seguros, o procedimento é o mais recomendado para aqueles em que o grau já está estável. Isso acontece por volta dos 18 anos e em alguns casos o grau volta a aumentar após o procedimento.

Com colírios anestésicos aplicados no local, o paciente entra na sala de cirurgia e em pouco minutos tem a córnea corrigida. Antes do procedimento, o médico oftalmologista deve submeter o paciente à exames que verifiquem a viabilidade da intervenção e o mapeamento da córnea. A partir dessas informações, a máquina a laser é calibrada e a cirurgia é realizada. 

Recuperação e pós-operatório

Em 90% dos casos, os pacientes que são submetidos ao tratamento de miopia por meio da cirurgia já apresentam melhoras significativas após sete dias. Eles já conseguem realizar tarefas do dia a dia sem o uso de lentes corretivas. No entanto, para todos os pacientes é necessário tomar cuidado no período pós-operatório.

Para evitar contaminações e possível complicações, é necessário evitar a exposição à luz solar, banhos de mar e locais com poeira e fumaça. A prática esportiva também deve ser suspensa temporariamente na semana de recuperação. O uso de analgésicos pode ser administrado dependo do estado do paciente.

Após o período determinado pelo oftalmologista, o paciente é reavaliado, os tampões podem ser retirados e ele voltará a sua rotina normal. Alguns pacientes relatam a necessidade dos óculos de leitura mesmo após a cirurgia, porém, a melhora para ver de longe é nítida.

Diagnóstico para tratamento de miopia

Para o encaminhamento da cirurgia, o paciente precisa ser diagnosticado por um oftalmologista. O primeiro passo é marcar uma consulta. Muita gente que não enxerga bem de longe, pode acreditar ter apenas miopia, quando na verdade, sofre de outras patologias combinadas. Exames de fundo de olho e entre outros, como a dilatação da pupila, podem revelar outras condições além da miopia. 

Existem casos, em que a cirurgia não é indicada e por isso, é importante visitar o oftalmologista antes de retirar os óculos de vez. Apesar de ser um dos métodos mais efetivos para esse tipo de caso, a cirurgia a laser requer recomendação e acompanhamento.