Conheça os 5 principais tipos de exame de retina

Conheça os 5 principais tipos de exame de retina
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Muitas pessoas não sabem como conseguimos enxergar com perfeição. Esse ato quase involuntário só é possível por conta de uma parte localizada no globo ocular, que é a retina.

É ela quem consegue transformar a luz em um estímulo nervoso, o qual é enviado ao cérebro por meio do nervo óptico. Para exemplificar, é como uma tela de projeção.

Por ser uma parte de suma importância para o ato de enxergar, a retina é uma área ocular que merece atenção. E por isso, todo o cuidado é pouco.

Conheça os cinco tipos de exame de retina

Existem cinco principais tipos de exames de retina que são realizados a partir de uma aparelhagem moderna e que é capaz de entregar ao médico e ao paciente diagnósticos precisos. Confira quais são eles!

Mapeamento da retina

Este exame é usado para avaliar, além da retina propriamente dita, toda a região que se localiza no fundo dos olhos.

Com ele, é possível identificar se existe alguma alteração nas estruturas avaliadas, em especial nas suas áreas periféricas.

Deslocamento de retina, inflamação e tumores são algumas das doenças possíveis de se detectar com este exame.

Além disso, por ser capaz de analisar os vasos sanguíneos, o exame pode acompanhar a evolução de doenças como diabetes, distúrbios no sangue e hipertensão arterial.

Tomografia de Coerência Óptica (OCT)

Promovendo mais precisão no diagnóstico de algumas doenças da retina, do vítreo, da coróide e do nervo óptico, ela é conhecida pela sua sigla em inglês OCT (Optical Coherence Tomography).

A OCT consiste na obtenção de imagens em alta resolução e em três dimensões (3D) dos cortes transversais e da estrutura da retina.

Ao mesmo tempo em que não é um método invasivo, ela permite analisar as várias camadas dos tecidos oculares.

Retinografia Simples e Panorâmica

Esse procedimento é um exame que fornece fotografias do fundo do olho que podem mostrar a retina e outras estruturas dessa região.

É um exame simples, o qual é realizado a partir da dilatação da pupila, com o paciente estando sentado em frente ao retinógrafo.

Angiofluoresceinografia Panorâmica

Fazendo uso de contraste, esse exame permite analisar os vasos sanguíneos da retina e da coróide.

A partir dele, portanto, é possível identificar eventuais anomalias na região ocular. Alguns exemplos são a retinopatia diabética e hipertensiva, o edema da mácula e inflamações, como o uveítes.

Ecografia

Também conhecida como Ultrassom Ocular, a Ecografia é um exame que possibilita ao médico oftalmologista identificar doenças que provocam opacidade, como a catarata.

Além disso, esse procedimento permite encontrar eventuais hemorragias e tumores oculares.

A Ecografia, além do que já foi citado, torna possível a verificação da saúde ocular dos recém-nascidos, podendo, inclusive, detectar sintomas como o olho amarelado.

É preciso deixar claro, porém, que os exames citados anteriormente possuem suas particularidades e, portanto, são indicados para pacientes que apresentam sintomas específicos.

Cada exame listado pode ser realizado apenas com pedido médico em mãos.

IOA (Instituto de Olhos da Amazônia)

Para cada um destes procedimentos, é necessário que um lugar confiável seja utilizado. Afinal, estamos tratando da sua saúde ocular.

Nós, do Instituto de Olhos da Amazônia, oferecemos a realização de todos esses exames a um preço acessível e com o intermédio de profissionais altamente qualificados e capacitados.

Marque sua consulta conosco!

Tem alguma dúvida? Entre em contato conosco.
WeCreativez WhatsApp Support
Unidade Shopping Metrópole
Unidade Shopping Metrópole
Longe
WeCreativez WhatsApp Support
Unidade Distrito Industrial
Unidade Distrito Industrial
Longe