Informações sobre saúde ocular para adultos de 40 a 65 anos

Informacoes-sobre-saude-ocular-para-adultos-de-40-a-65-anos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Entre 40 e 65 anos, nossos olhos podem passar por mudanças significativas. Por isso, é preciso ficar atento a alguns cuidados e sintomas que podem aparecer na saúde ocular.

Presbiopia: o problema mais comum nesta faixa etária
A alteração mais comum que a maioria das pessoas percebe é a necessidade de manter os materiais de leitura longe de seus olhos. Chamada de presbiopia, quase todas as pessoas experimentam essa hipermetropia crescente, que geralmente começa entre os 30 e 40 anos.

O cristalino (localizado atrás da pupila) torna-se menos flexível com a idade, tornando mais difícil ler e realizar outras tarefas de perto. Se a presbiopia não for corrigida, você poderá descobrir que seus olhos se cansam facilmente e você pode ter dores de cabeça.

A maioria das pessoas precisa de óculos de leitura ou outra estratégia de correção da visão para lidar com a presbiopia. Além disso, as pessoas que têm a catarata removida (geralmente um pouco mais tarde na vida) podem optar por ter lentes intraoculares (IOLs) que corrigem a presbiopia.

Veja os primeiros sinais de doença ocular
Aos 65 anos, é comum perceber ou receber o diagnóstico de uma doença ocular que prejudica a visão. No entanto, os primeiros sinais dessas doenças oculares podem começar na meia-idade, embora possam não ser notados imediatamente. Quanto mais cedo essas doenças forem encontradas e o tratamento começar, maiores serão as chances de preservação da boa visão.

É muito importante fazer um acompanhamento com um médico oftalmologista todos os anos e exames de check-up, mesmo para pessoas que não apresentam sintomas ou fatores de risco conhecidos para doenças oculares.

Um exame abrangente procurará sinais de:

  • Catarata;
  • Glaucoma;
  • Retinopatia diabética;
  • Degeneração macular relacionada à idade.

Pessoas que são diabéticas ou pré-diabéticas, além do acompanhamento com o oftalmologista, também precisam trabalhar com seus médicos para controlar seu peso, açúcar no sangue, pressão arterial e colesterol.

Seu oftalmologista recomendará exames de acompanhamento com base no histórico familiar e nos resultados do exame de base.

Para cuidar da saúde de seus olhos dos 40 aos 65 anos, ou em qualquer idade, conte com o IOA!

Aliamos tecnologia com um time de especialistas para oferecer o que há de melhor e mais avançado na medicina oftalmológica.

Entre em contato e agende sua consulta!