O que é blefaroplastia?

O que é blefaroplastia?
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Blefaroplastia é um tipo de cirurgia plástica que elimina bolsas de gordura, rugas, flacidez, rejuvenesce e melhora o aspecto das pálpebras superiores e inferiores.

Geralmente esse procedimento é procurado por pacientes acima dos 30 anos, a maioria mulheres. A indicação da intervenção é pra pessoas que têm excesso ou flacidez de pele nas pálpebras, pra quem bolsas de gordura na pálpebra superior ou pra quem tem ptose.

A cirurgia também pode ser feita para a remoção de xantelasmas (bolinhas de colesterol que se formam nas pálpebras), além de rugas na pálpebra inferior.

Como é o procedimento?

A cirurgia é feita com anestesia local com sedação (mais comum), ou até mesmo anestesia geral e dura em média 40 minutos. O excesso de pele é marcado e depois cortado com um bisturi elétrico e o local suturado com pontos absorvíveis ou removíveis. 

Em caso de ptose, o médico corrige também a musculatura orbicular.

Pós Operatório

Cicatrização

A blefaroplastia deixa uma discreta cicatriz, localizada na dobra da pálpebra superior e o aparecimento de queloides é extremamente raro nessa região, mas não impossível.

Evite fumar

O cigarro deve ser evitado pelo menos por um mês antes da cirurgia e pelos dois meses após o procedimento, pois compromete a cicatrização e prejudica a microcirculação.

Medicação

Comumente são prescritos para o pós cirúrgico da blefaroplastia apenas antibióticos preventivos e analgésicos para dor, todos por via oral. O uso de colírios é indicado apenas para a lubrificação dos olhos.

Limpeza da área

A higienização da área deve ser feita normalmente com água e sabonete neutro.

Use óculos escuros

Óculos escuros devem ser usados até a cicatrização completa, cerca de 30 dias depois da intervenção. A ação solar dificulta a cicatrização e pode deixar a pele da região manchada

Inchaço

Compressas de água gelada e gaze ajudam a reduzir o inchaço na região.

Resultados e contraindicações

Após o período inicial de cicatrização, nos primeiros sete dias, já é possível perceber os resultados da blefaroplastia, mas eles se tornam ainda mais evidentes depois de diminuir o inchaço.

A blefaroplastia é contraindicada para pessoas com doenças crônicas descompensadas, como hipertensão, diabetes ou insuficiência cardíaca descontroladas. Quem tem problemas de visão como miopia ou astigmatismo, por exemplo, pode se submeter a cirurgia sem qualquer problema.

E aí, tiramos as suas dúvidas? Caso não, ou você queira mais informações sobre a blefaroplastia, venha até o IOA, nossos especialistas estão prontos para tirar todas as suas dúvidas sobre esse e diversos outros procedimentos. 


4.8/5 - (87 votes)