Presbiopia – Sintomas e tratamentos

Presbiopia - Sintomas e tratamentos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Presbiopia é a degradação da visão, o que ocorre normalmente com o avançar da idade, quando os olhos vão perdendo naturalmente a capacidade de focalizar objetos muito próximos. 

Popularmente conhecida como vista cansada, a presbiopia costuma a atingir pessoas na faixa de idade de 40 anos e as pessoas com até 50 anos de idade serão acometidas de alguma forma.

O que causa a presbiopia?

A presbiopia ocorre em um processo natural de envelhecimento do corpo. O cristalino é uma estrutura semelhante a uma lente, que muda sua forma para melhorar a focalização das imagens, principalmente ao enxergar algo próximo. 

Para isso, ele é movido pelos músculos ciliares. Mas com o tempo esses músculos passam a não funcionar tão bem e o cristalino não se adaptada mais da melhor forma à focalização da imagem. Como resultado, a visão de perto acaba sendo prejudicada.

Risco

Alguns fatores contribuem com o aparecimento da presbiopia, são eles: 

  • Idade: Como já dissemos, até os 50 anos, todas as pessoas apresentarão algum grau de presbiopia, pois trata-se de um processo normal de envelhecimento;
  • Quadros como anemia, diabetes, doenças cardiovasculares e esclerose múltipla;
  • Entre outros.

Sintomas

Os sintomas da presbiopia são percebidos com menos facilidade quando sob a luz solar, assim como outras doenças refrativas. Isso acontece porque a pupila diminui naturalmente o seu tamanho. Por conta disso, em locais fechados ou iluminados artificialmente, preste mais atenção aos seguintes sinais:

  • Precisar afastar algo que está lendo, conhecida como “síndrome do braço curto”;
  • Fadiga ocular;
  • Visão borrada;
  • Manchas de visão de perto;
  • Dificuldade em enxergar com pouca luz;
  • Dor ao redor dos olhos;
  • Ardência;
  • Vermelhidão e lacrimejamento;
  • Dores de cabeça.

Como prevenir a presbiopia

Segundo matéria publicada na revista Saúde, para o médico Sérgio Felberg, do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, não existe nenhum tipo de hábito ou atitude capaz de evitar ou retardar o endurecimento do cristalino.

Até existem alguns exercícios que ajudam a acalmar os olhos cansados, mas eles não revertem a presbiopia.

O ideal é fazer as consultas periódicas ao seu oftalmologista. Isso porque quanto mais precoce o diagnóstico, mais rápida vai ser a correção do seu problema.

Já que é um problema natural do envelhecimento do cristalino, provavelmente ninguém vai escapar da presbiopia depois dos 40 anos. Isso é fato!

O que resta então é fazer melhor escolha de tratamento para corrigir a sua presbiopia ou vista cansada. Marque já a sua consulta no IOA.

4.8/5 - (45 votes)