Saiba tudo sobre a cirurgia de miopia!

Saiba tudo sobre a cirurgia de miopia!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Pode chegar um momento em que a qualidade da visão muda e as imagens refletidas passam a assumir diferentes formas.

Esses sinais indicam que a pessoa pode ter desenvolvido miopia, uma enfermidade ocular caracterizada pela visão nítida de objetos próximos enquanto os distantes são enxergados de maneira embaçada.

Isso é causado pela forma da cavidade ocular, que se apresenta mais longa do que o normal. Assim, a luz é absorvida pelo globo ocular antes mesmo de chegar à retina, originando a construção de imagens distorcidas.

No entanto, a miopia é uma enfermidade ocular que possui tratamentos cirúrgicos para corrigi-la.

A cirurgia de correção da miopia

Uma pesquisa publicada pelo Ophthalmology Journal, 50% da população global usará óculos em virtude da miopia até 2050.

Mas existem dois métodos cirúrgicos eficientes para a correção dessa enfermidade, os quais são LASIK e o PRK. Conheça-os:

  • LASIK: o procedimento acontece a partir de um corte de 0,1 milímetros feito na córnea. A camada que recebeu a fissura é então erguida para que o laser alcance com precisão a cavidade corneana e a remodele adequadamente. Indicada para pacientes com córnea de espessura grossa, esta é a cirurgia mais avançada na correção da miopia;
  • PRK: aqui, o tecido epitelial é removido por completo para que o laser acesse a córnea e corrija a forma da cavidade ocular.

Para que a cirurgia tenha êxito, o paciente deve, caso seja adepto de lentes de contato, interromper o uso de uma semana a seis meses da operação.

Como ambos os procedimentos cirúrgicos são feitos com o auxílio de laser, no pré-operatório o paciente recebe uma anestesia local a partir de um colírio.

Quando as cirurgias são finalizadas, o paciente recebe a aplicação de uma lente de contato com intuito de proteger os olhos operados.

Vale lembrar que ambos os procedimentos cirúrgicos são indolores. Porém, a recuperação daqueles que foram operados pelo método PRK é mais lenta em relação àqueles que foram com o LASIK.

No pós-operatório

Assim que as pessoas saem dos procedimentos cirúrgicos, é natural que tenham a sensação de corpo estranho nos olhos.

Porém, existem ações para amenizar os incômodos do pós-operatório da cirurgia de miopia. Eles podem ser:

  • Uso de óculos de sol: como a cirurgia manipula a córnea, o cristalino também é movimentado. Isso pode causar aumento da sensibilidade à luz;
  • Tomar cuidado com a umidade. Ao nadar e tomar banho, evitar ao máximo o contato dos olhos operados com a água;
  • Evitar exercícios físicos, maquiagem e passar muito tempo em frente de objetos eletrônicos, como celulares, televisores, computadores e tablets;
  • Manter as mãos sempre limpas;
  • Não esfregar os olhos.

O período em que o paciente deve exercer esses cuidados é estipulado pelo oftalmologista, mas o tempo mínimo é de um mês após a realização da cirurgia de miopia.

Os procedimentos cirúrgicos são sugeridos somente quando o grau da miopia se estabelece, o que costuma acontecer aos 21 anos. Não são aconselhados para gestantes.

Com a forma da cavidade ocular corrigida através da cirurgia de miopia, o paciente pode parar de usar óculos de grau e lentes de contato, pois a qualidade da visão foi recuperada.

Conte com o IOA para sua cirurgia de Miopia e muito mais!

A cirurgia de miopia, como foi citado durante todo este artigo, é um procedimento que tem de ser cuidadoso, tomando as mais diversas precauções possíveis, para que o paciente saia com o resultado esperado.

Por isso, deve-se contar com os melhores profissionais, operando os melhores equipamentos do mercado, para que não haja nenhum tipo de prejuízo na visão do paciente.

Sendo assim, conte com o IOA, que fornece tudo isso não só para a cirurgia de miopia, mas também para qualquer procedimento que envolva sua visão!

Fale conosco!